Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

E o Economista Sou Eu

E o Economista Sou Eu

Poupar nas compras de Natal

Poupar compras Natal.png

 

Bem sabemos que no Natal somos invadidos por um espírito diferente, que nos faz querer dar presentes a todos, desde a porteira do prédio ao colega do trabalho que nos cruzamos 3 vezes na sala do café, mas não pode ser! J

 

Sejamos práticos e conscientes.

 

  1. Comece a pensar na lista de presentes uns meses antes do Natal, não só o poupa aos stress’s da época, como poupa na carteira porque as coisas sofrem alguma inflação perto da data.
  1. Depois de fazer a lista coloque um orçamento para cada presente. Será mais fácil na hora de comprar.
  1. Poupe nos postais – enviei e-mails.
  1. Poupe nas sms’s pagas – enviei mensagens através da internet.
  1. Se tiver tempo, aproveite aquela abóbora que lhe deram, faça uma compota e recicle os frascos que tem espalhados pela casa.
  1. Faça presentes com os seus filhos para mimar os avós e tios, como bolachas, postais pintados por eles, molduras feitas com paus das espetadas ou com paus dos gelados.
  1. Aproveite as promoções e descontos e compre logo, não deixe para a última da hora.
  1. Compre só o que precisa e para quem definiu, não compre com a desculpa “pode ser que apareça mais alguém”.
  1. Lembre-se que o Natal é muito mais que um encontro de troca de prendas. Concentre-se em oferecer lembranças ao invés de presentes/prendas caras. O que importa é o sentimento.
  1. Recorra a outlet’s, não tenha vergonha se o saco da prenda estiver identificado como
  1. Se puder ofereça presentes solidários, ajuda quem mais precisa e ainda ajuda o seu familiar/amigo a ser solidário.
  1. Aproveite os saldos, mesmo que ainda falte muito tempo para o Natal fica já com essa prenda comprada.
  1. Poupe no papel de embrulho e seja criativo, aproveite revistas, jornais, folhetos e crie embalagens únicas.
  1. Não ofereça este mundo e o outro às crianças, seja consciente e sobretudo passe a mensagem certa.
  1. Não gaste mais do que pode. Nada de comprar a prestações ou com o cartão de crédito, são apenas lembranças para as pessoas que gostamos, não podemos deixar que se transforme num peso financeiro.

 

 Já sabem: aproveitem as promoções, mas comprem só o que necessitem, sempre em consciência!

 

Mais sobre mim

foto do autor

E-mail:

eoeconomistasoueu@gmail.com

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Também estamos aqui:

Follow
Todos os conteúdos presentes neste blogue são propriedade de eoeconomistasoueu.blogs.sapo.pt salvo indicação em contrário.

Pesquisar